O MELHOR DO PSYTRANCE

VOCÊ ENCONTRA AQUI!

Festival Árvore da vida: a valorização do cenário nacional pós pandemia

O ano de 2020 vai ser sempre lembrado em virtude da pandemia de Covid-19, não apenas pela questão sanitária. Além da área da saúde, a pandemia resultou em grandes perdas de vidas humanas e também uma crise econômica mundial. O setor de eventos foi direta e imensamente afetado, sofrendo um hiato de dois anos, causando grande devastação para funcionários, núcleos, artistas e produtores de eventos.

Assim como o resto do mundo, o Brasil tem um grande desafio na retomada do seu crescimento pós-pandemia, com o valor do dólar nas alturas já era previsto entre os produtores de festivais de música eletrônica nacionais uma valorização do cenário de djs e produtores brasileiros na retomada dos eventos. 

Devido ao avanço da vacinação no Brasil e no mundo, podemos observar alguns eventos e festivais se preparando para o retorno iminente, que é o caso do festival Árvore da vida, com a tão esperada volta já marcada para os dias 13 e 14 de Novembro de 2021. Batemos um papo com uma das organizadoras responsáveis pelo festival, Inê Goa, a fim de entender um pouco melhor como o produtor de eventos tem olhado para esse retorno e quais os próximos passos a serem tomados para que o cenário nacional tenha esse tão esperado boom pós pandemia. 

Logo de imediato, o que podemos observar olhando pro lineup do festival é a quantidade de bandeirinhas brasileiras existentes ali, com uma grade de artistas quase 100% nacional, o Árvore da Vida visa valorizar os artistas nacionais como já era previsto dentro do setor de eventos porém Inê nos conta que a reação do público não foi a esperada. Houveram retaliações ao lineup do festival nas redes sociais do público alegando que a escolha dos artistas não tem o “padrão árvore da vida”. 

“No início da organização do evento, além da alta do dólar, havia fronteiras entre países que ainda estavam bloqueadas para viagens, então a escolha do line up foi pensada em países que já poderiam voar”. Conta Inê. “Porém essa exposição que fizemos no festival, de realmente acreditar nos djs e produtores nacionais não ocorreu somente pelas barreiras que ainda existiam mas para mostrar ao público que é possível sim produzir um evento de qualidade e conceituado valorizando os artistas nacionais.”

Essa tão esperada valorização dos djs e produtores nacionais pode tomar o caminho oposto caso os produtores de eventos não tenham o apoio do público, levando a uma super valorização de artistas internacionais. “O produtor vai atrás do que o público vai pedir, por mais caro que custe, então é de extrema importância que o público tenha essa conscientização de valorizar os seus artistas nacionais também, esperávamos um pouco mais de suporte do público nesse momento, tendo em vista que nosso setor ficou dois anos parado.” Alerta Inê. 

Mesmo com lineup em grande parte nacional, o Árvore da vida realmente não deixou a desejar, com nomes como Blazy, Groundbass, Burn in Noise e Altruísm o festival promete marcar oficialmente o retorno dos festivais em grande estilo. 

É importante ressaltar que além dos grandes nomes já consagrados na nossa cena nacional, durante a pandemia houve uma evolução considerável da nova geração do psy-trance. Grandes artistas lançaram mentorias e workshops a fim de incentivar o estudo por parte dos djs e produtores iniciantes, ou seja, a nossa cena nacional nunca esteve tão preparada, trazendo à tona muitos projetos de qualidade. 

O Brasil possui uma cena eletrônica extremamente rica em talentos e qualidade, o que falta é a valorização por parte do público e dos produtores de eventos, para que após dois anos sem nos encontrarmos no lugar que mais amamos possamos prestigiar o talento que temos em nosso país. 

Para encerrar gostaríamos de agradecer imensamente a Inê pelo tempo disposto para falar conosco e ao festival Árvore da Vida pelo lindo trabalho feito, ao dar prioridade a produtores nacionais nesse momento tão delicado. 

E você? Como você olha pro retorno iminente dos eventos de grande porte e a valorização dos nossos produtores? Conta pra gente lá no instagram.

RECOMENDADOS PARA VOCÊ

SIGA-NOS NO INSTAGRAM

QUER CONTEÚDO EXCLUSIVO? CADASTRE-SE NA HÏ BPM GOLD!

CONTATO

(11) 9 3455-5554 ADMINISTRATIVO

(11) 9 2001-9508 EDITORIAL

ONDE ESTAMOS

RUA VICENTE LEPORACE, CAMPO BELO, CEP: 04619-035 - SÃO PAULO - SP