O MELHOR DO PSYTRANCE

VOCÊ ENCONTRA AQUI!

Enciclopédia do Psytrance – Carreira #44: Electric Universe

Com a ideia de explorar mais a fundo o mundo do Psytrance, nós da Hï BPM resolvemos criar a Enciclopédia do Psytrance, para apresentar nosso olhar sobre diversos temas ligados a cena.

Enciclopédia do Psytrance terá o formato de resenhas em série, com um texto novo todas as sextas-feiras. Primeiro falaremos sobre os projetos e carreiras de DJ’s. Hoje exploramos um pouco mais da história de Electric Universe.

Para visualizar outros textos da nossa Enciclopédia do Psytrance, basta clicar aqui.

Origem

Electric Universe é o nome do projeto criado em 1991 por Boris Blenn e Michael Dressler, em Hamburgo (Alemanha). A dupla se inspirou na primeira edição do grande festival Vuuv Experience (Alemanha) e começou a produzir suas primeiras músicas de psytrance

Algumas de suas primeiras faixas produzidas chegaram nas mãos do DJ Antaro (Wolfgang Matthias Ahrens), criador do Vuuv e que, na época, estava inaugurando a sua gravadora, Spirit Zone Records. Antaro gostou do material e o segundo lançamento da gravadora foi o single “Solar Energy”, que foi um sucesso e guiou o caminho da dupla para a criação do seu primeiro álbum.

 “One Love” foi lançado em 1994, pela mesma gravadora, e teve uma ótima repercussão ao longo do mundo. Mais e mais festas de psytrance estavam surgindo pelo mundo e o nome Electric Universe começou a ocupar line ups de eventos na Alemanha, inicialmente e, depois, ao longo do mundo todo.

Em 1997, Dressler decidiu sair do projeto, deixando Boris conduzir o projeto solo. Foi neste ano que o álbum “Stardiver”, que contava com sucessos como “Online Information”, foi lançado pela mesma gravadora. Em 1998, o álbum “Waves” também foi lançado por lá. 

Em 1999, Roland Wedig se juntou a Boris no estúdio e o resultado inicial foi a produção da clássica “Meteor”, track que foi um sucesso gigante e que se tornou uma das faixas mais clássicas do psytrance. Com um lead memorável de guitarra, a música ocupou as pistas de festivais pelo mundo todo por muitos anos. A música fez parte do álbum “Blue Planet”, lançado no mesmo ano. Roland apresenta seus solos de guitarra em algumas apresentações de Electric Universe.

Em 2000, o álbum “Devine Design” foi lançado, ainda carregando ótimas produções de Goa Trance com belas melodias harmônicas, que eram as assinaturas de Boris. Em 2002, o álbum “Unify” foi lançado, e também contava com melodias marcantes, em produções mais softs

Em 2004, o álbum “Cosmic Experience” foi lançado e contava com a lendária “The Prayer”, marcante pelos vocais indianos e um ritmo contagiante. O álbum conta com diversas boas produções, recheadas de melodias, leads memoráveis de Goa, guitarra e muita harmonia musical.  Estes três últimos álbuns também foram lançados pela Spirit Zone.

De 2006 a 2011, Boris lançou mais quatro álbuns pela sua recém inaugurada gravadora Electric Universe Records, “Silence in Action”, “Burning”, “Sonic Ecstasy” e “Higher Modes”. Neles, seu som foi se aproximando cada vez mais do Full On de hoje, com características cada vez mais psicodélicas e mais potência na bassline. Em 2014, Boris se juntou à Dacru Records (Bélgica) e lançou o álbum “Journeys Into Outer Space”.

Características

Mestre na produção, seu som hoje em dia é uma aula de Full On. Com diversos leads extremamente psicodélicos e muita influência do Goa, sua produção continua se aperfeiçoando e se modernizando ao longo dos anos. Suas faixas são marcantes pela harmonização de suas melodias (que constantemente se tornam hinos) e por linhas de baixo bem encorpadas e muito potentes. 

Além disso, suas músicas têm drops insanos, muito bem construídos, e que sempre são acompanhados de muito groove, resultando em um ritmo muito dançante. Suas apresentações são eletrizantes e levam qualquer pista à loucura.

Sucessos

Durante todos estes anos de carreira, Electroc Universe lançou diversos singles e EP’s de muito sucesso na cena. Dentre as faixas mais recentes, músicas como “Nebula” (2015), “Spacetime” e “Mystical Experiences”(2016), e “Mantra” (2017) reverberam nas pistas até hoje. O EP “Gateway” produzido em parceria com Raja Ram, pela TIP Records e que conta com as tracks “Brain Forest” e “Gateway”, foi outro sucesso gigante.

Nos anos seguintes, as músicas: “Bansuri” (2018); “Akasha” (2018), em parceria com Volcano; “Dragonfly”(2019) ocuparam posição de destaque em rankings como Beatport e se espalharam por festivais no mundo todo como referências de um psytrance de qualidade. Isso sem contar alguns ótimos remixes realizados, como o feito de “Magic Portal”, da colaboração entre Alpha Portal e Magik.

Seu último lançamento foi “Lakshmi”, lançada em Dezembro de 2019.

Curiosidades

Boris ainda fez partes de alguns outros projetos, como Jupiter 8000, outro projeto de psytrance do final da década de 90 e “Galaxy”, seu projeto de chill. Além disso, ele faz parte de uma das maiores colaborações de Full On Groove da atualidade: Outside the Universe,  projeto da união de Electric Universe e Outsiders. O projeto é um dos grandes nomes da vertente atualmente, a colaboração entre essas feras vem agitando pistas ao longo do mundo todo. Ano passado, eles foram responsáveis por uma apresentação de tirar o fôlego na Gaia Connection. Quem se lembra?

Isso sem contar que Boris também se juntou a Olli Wisdom (Space Tribe) e eles criaram o projeto ESP em 2006. Pelo novo projeto, eles lançaram dois álbuns, “Electric Space Phenomenon” (2006) e “Sensory Overload” (2007), ambos pela gravadora Space Tribe Music. Além de produzirem alguns singles e EP’s espalhados ao longo dos anos. O duo permanece ativo até hoje, e é uma mistura incrível do estilo dessas duas lendas, realizando algumas apresentações pelos maiores festivais do mundo. Inclusive, neste ano eles irão se apresentar no Adhana Festival. Vale a pena conferir!

Teremos outra novidade nesta edição do festival. Electric Universe vai fazer uma apresentação com sua “laser harp” (harpa a laser), uma novidade que ele vem aperfeiçoando nos últimos anos e que promete ser surreal. Construindo belas melodias com o instrumento virtual, ele já mostrou sua nova técnica em algumas apresentações pelo mundo e, desta vez, vai ser aqui no Brasil. Ansiosos? 

🎧 Acesse SoundCloud: Electric Universe


Pautas da Semana
+ São Paulo recebe em Junho o Respect Festival, edição Solar Edition

+ Estréia do Adhana Festival na Aldeia Outro Mundo promete marcar o mês de Dezembro
+ E-Trip lança promoção exclusiva para aniversariantes
+ Boom Festival anuncia o adiamento da edição em 2020 e divulga nova data para 2021
+ Gaia Connection- Edição Especial 10 anos, na Aldeia Outro Mundo

RECOMENDADOS PARA VOCÊ

SIGA-NOS NO INSTAGRAM

QUER CONTEÚDO EXCLUSIVO? CADASTRE-SE NA HÏ BPM GOLD!

CONTATO

(11) 9 3455-5554 ADMINISTRATIVO

(11) 9 2001-9508 EDITORIAL

ONDE ESTAMOS

RUA VICENTE LEPORACE, CAMPO BELO, CEP: 04619-035 - SÃO PAULO - SP