O MELHOR DO PSYTRANCE

VOCÊ ENCONTRA AQUI!

O Palco Solaris foi um espetáculo à parte na Tribe 2019 [REVIEW]

Tivemos a alegria de por mais um ano consecutivo fazer a cobertura especial da Tribe, uma das principais raves brasileiras. Ela aconteceu nos dias 27 e 28 Abril, e deu um show tanto de estrutura, como de line up.

O evento contou com 3 palcos (Solaris, Tribe Club e Secret Garden), mas como nosso negócio é o psytrance, nossa análise será focada exclusivamente no Palco Solaris ok? Vem com a gente e confira como foi esse super evento!

Tribe 2019 - Sigma F
Reprodução: Sigma F

O LOCAL

Nesse ano, a crew da Tribe optou por tirar o evento da Pedreira para garantir que todos os alvarás fossem liberados a tempo. Por isso, a Arena Maeda foi escolhida para receber a edição 2019 do evento. O local é referência quando se trata de eventos de grande porte no estado de São Paulo, já colecionando em seu currículo eventos como XXXPERIENCE Festival, Playground SP e Tomorrowland Brasil. O espaço, que fica no município de Itu, interior paulista, é enorme e bastante plano, o que permite uma facilidade enorme do público para transitar por todas as áreas do evento.

Tribe 2019 - Sigma F
Reprodução: Sigma F

Foram espalhados pelo evento diversos caixas, o que agilizou o carregamento das pulseiras de compra. Os bares estavam muito bem localizados, e a área de alimentação com um cardápio diverso e de qualidade chamou muito nossa atenção. A pista do Palco Solaris acomodou muito bem o público, trazendo conforto, espaço para dançar, e uma boa visão para o palco e arredores.

Tribe 2019 - Sigma F
Reprodução: Sigma F

E falando em local, não podemos deixar de mencionar nossa escolha de transporte para o evento. Mais uma vez, a Alien Bus nos acompanhou nessa aventura e não abrimos mão de elogiar a qualidade e pontualidade de seus serviços. Desde nossa saída do metrô Barra Funda, todo o trajeto de ida, volta e desembarque, podemos entender com clareza o porquê que a Alien Ingressos é referência quando falamos de excursões para grandes eventos. Com um trabalho sério e responsável, fica fácil escolher nosso transporte. Vai pra rave? Vá de Alien!

O EVENTO

Provavelmente você já deve ter visto nas redes sociais a hashtag #TribeÉTribe por aí. Depois da experiência vivida no evento, essa chamada faz total sentido. E foi exatamente assim: um line up surpreendente do início ao fim, uma decoração marcante e aquela vibe que a gente vê em poucos lugares.

Pra quem foi nas edições passadas, deve ter sentido falta da bela paisagem da Pedreira, mas nesta edição, sem dúvidas, a Arena Maeda conseguiu superar as expectativas pela sua divisão de espaços, facilidade de acesso e a temperatura que estava favorável: nem frio, nem calor, nem chuva. Sem contar o nascer e o por-do-sol que foram um show a parte. Vale destacar também as duas esculturas de elefante que ficavam logo na entrada do evento, nos dando as boas vindas e sendo o principal ponto de selfies de toda a galera.

Tribe 2019 - Sigma F
Reprodução: Sigma F

A tenda utilizada foi a mesma da edição passada, mas o palco Solaris foi totalmente diferente. Com uma tecnologia que dispensa projeções, parte do palco era iluminado por trás, o que permitia um jogo de luzes sincronizado que brincava com a música, dando um destaque muito especial para o sol que fazia a decoração principal da estrutura, com seus detalhes que eram realçados por toda a iluminação. Haviam também vários canhões com luzes espalhados pelas estacas abaixo da tenda, iluminando a galera e trazendo uma imersão ainda mais intensa para o público.

Tribe 2019 - Sigma F
Reprodução: Sigma F

Com um soundsystem muito bem equilibrado e potente, dava pra se ouvir o som do palco Solaris mesmo a uma certa distância da tenda, então não faltou qualidade sonora para transmitir as good vibes de cada DJ que passou por lá.

LINE UP

O line up do Palco Solaris foi pensado pra segurar a galera do início ao fim. Com DJs escolhidos a dedo para cada parte da festa, não foi fácil encontrar brechas para poder sair e rodar pelos outros palcos. Para quem estava com vontade de ter uma experiência ouvindo produtores conhecidos nacional e internacionalmente em diversos estilos, essa Tribe foi um prato cheio.

Tribe 2019 - Sigma F
Reprodução: Sigma F

Cada apresentação deu um toque todo especial para o evento, começando por Aura Vortex que foi o primeiro grande clímax de euforia e empolgação dos ravers ali presentes. Mesmo ainda usando muletas, ele estava radiante (realizando um sonho segundo ele mesmo disse em seu Instagram), e não faltou pedradas (clássicas e novas) durante todo seu set. Vale destacar também a intervenção dos Smurfdélicos e dos Minions do Trance, que trouxeram sua bagunça e alegria pro front, contagiando toda a galera.

Tribe 2019 - Sigma F
Reprodução: Sigma F

Com o público já aquecido, Bliss e sua guitarra assumiram o comando das CDJs, e com uma apresentação muito intensa e performática (com direito a intervenções com fogo), levantou o público a cada drop. Ele estava se sentindo literalmente em casa! Em seguida, o duo Mad Tribe trouxe uma surra de psicodelia pra pista, tocando grandes sucessos, e abrindo caminho para a apresentação do histórico projeto Growling Machines, que faz parte de toda a trajetória da Tribe.

Tribe 2019 - Sigma F
Reprodução: Sigma F

A meia noite, o projeto Space Noize (união dos membros do Space Cat com o X-Noize) comandou a pista, surpreendendo a galera com seu som progressivo e fino, que foi a abertura ideal para recebermos Alpha Portal. Depois de fazerem uma apresentação história no Adhana Festival, a dupla formada pro Astrix e Ace Ventura fez jus ao seu título de headliner do Palco Solaris e trouxeram uma qualidade sonora absurda. Em seguida, o próprio Astrix fez um set de 1h30, e como sempre ao tocar aqui no Brasil, fez uma abertura especial, referenciando a histórica música “Pra não dizer que eu não falei das flores” de Geraldo Vandré, que foi um símbolo de resistência na década de 60 e 70.

Tribe 2019 - Sigma F
Reprodução: Sigma F

Após uma apresentação memorável de Astrix, ficou nas mãos de Ace Ventura manter os ânimos da galera lá em cima, e fez isso com muita propriedade, com um som pesado e melódico. Com muita simpatia e alegria, criou o ambiente ideal para Vini Vici entrasse com tudo na pista. Com seu set repleto de grandes sucessos, era impossível ver alguém parado. Ele teve o público em suas mãos, e com certeza, também foi um dos grandes nomes do Palco Solaris neste ano.

Tribe 2019 - Sigma F
Reprodução: Sigma F

O sol já estava nascendo no horizonte da Arena Maeda quando Vegas subiu ao palco. A energia transmitida em seus sets é surreal, e mesmo depois de uma sequência implacável de DJs, a galera ainda tinha lenha pra queimar, e isso ficou bem nítido em sua apresentação. Pra completar o embalo, os sets de Berg, Undercover e Dekel mantiveram a mesma linha de intensidade, e fecharam o Solaris deixando todo o público com aquele gostinho de quero mais, aquele gostinho de Tribe mesmo.

Tribe 2019 - Sigma F
Reprodução: Sigma F

No geral, a Tribe fez um ótimo trabalho em sua edição 2019, cuidando de cada detalhe para uma experiência incrível. Logicamente que há contratempos e situações não tão boas em todos os rolês, e a Tribe não foi exceção, mas dava pra ver o empenho de cada pessoa da equipe em manter o controle e o padrão Tribe representados, mesmo com o número grande de pessoas presentes no evento.

Nós amamos a experiência e estamos aguardando ansiosamente o que nos espera em 2020, afinal #TribeÉTribe né? Até 2020!

Tribe 2019 - Sigma F
Reprodução: Sigma F

RECOMENDADOS PARA VOCÊ

SIGA-NOS NO INSTAGRAM

QUER CONTEÚDO EXCLUSIVO? CADASTRE-SE NA HÏ BPM GOLD!

CONTATO

(11) 9 3455-5554 ADMINISTRATIVO

(11) 9 2001-9508 EDITORIAL

ONDE ESTAMOS

RUA VICENTE LEPORACE, CAMPO BELO, CEP: 04619-035 - SÃO PAULO - SP