O MELHOR DO PSYTRANCE

VOCÊ ENCONTRA AQUI!

PSPIRALIFE fala sobre suas referências de vida na carreira como produtor

O DJ e produtor Shayne Rogers pertence a geração de fãs do famoso filme “De volta para o futuro”. Na cena trance ele é popularmente conhecido como PSPIRALIFE e produz há 10 anos. Por um lado não é dos mais velhos, por outro conta com um repertório musical impressionante, com referências no jazz, música latina de maneira geral e claro, funk. Isso foi construído desde a infância quando já começou a aprender alguma coisa nos instrumentos, mas o que diferencia dos demais é o conhecimento em design de som. Segundo ele próprio essas técnicas guiaram-no para um estilo “único”. O primeiro álbum (Self Similar) foi produzido a partir de cada um desses elementos, além da inclusão de outras estruturas para compor o som noturno. Esse trabalho levou cerca de 4 anos para ser concluído.  

Atualmente, PSPIRALIFE trabalha com diversas collabs, algo que se dedicou ao longo de 2018 e que não era acostumado. A novidade exclusiva do portal Hï BPM é que todo trabalho feito neste período vai render um álbum novo. A data de lançamento não está confirmada, mas será em 2019. E não para por aí! Em breve ele vai se lançar num duo com o produtor brasileiro Shekina. A dupla ainda não definiu um nome para o projeto. Sugere lá!  😁 

Devido a parceria, ele deve visitar o Brasil com mais frequência. Esse relacionamento é antigo, vem desde a primeira turnê internacional que fez depois que lançou o primeiro álbum, em 2012. No entanto, a primeira tour veio no ano seguinte em 2013. Além do Brasil. ele esteve ao longo de um ano na Europa, EUA e Israel. Desde então ele nunca mais parou de acompanhar a nossa cena. De la para cá também lançou outro álbum: Wabi Sabi. Todas as compilações foram lançados pela Zenon Records 

“Eu amo o Brasil! Vocês são apaixonados e não julgam. O brasileiro tem a mente aberta para novas musicas e eu me divirto com as lições para aprender português”

A parceria e tanto esforço para falar nosso idioma fazem dele uma figura especial para o público brasileiro. Podemos ouvi-lo no Universo Paralello e na Mandallah deste ano. Na Mandallah ele tocou em um horário que não é comum para o sub-gênero alternativo do psy trance dark (16h30 às 17h30).  

 

Foto: Presskit DM7

 

Acostumado com a pista de dança durante a madrugada, o desafio de tocar de tarde foi encarado de peito aberto. Nesse horário a pista é mais cheia e o público tá em outra vibe, mas ele sacramenta: “Foi incrível para mim tocar na Mandallah! É uma oportunidade única tocar pra tanta gente um sub-gênero alternativo”  

As faixas noturnas do PSPIRALIFE são memoráveis, parece que surgem a partir de emoções cruas. Os sets são uma verdadeira viagem ao longo de uma história musical. Ele define o full on como um som “omnidirecional”.  

Parte dessa inspiração para unir os elementos musicais e reproduzir na velocidade ideal é devido ao contato que PSPIRALIFE tem frequentemente com a natureza. Ele enxerga muitas semelhanças entre ela e um mundo psicodélico. Musicalmente, sua grande referência é um artista psicodélico, claro (risos): Eletrypsnose. “As produções deste DJ são como obras primas”, disse.  

Por fim, de volta para o passado no primeiro parágrafo, ou melhor, “De volta para o futuro”,  ele finaliza nossa conversa: “‘Se você colocar sua mente no que deseja, você tem enorme chance de conseguir’. Essa frase dita no filme por Marty McFly realmente me marcou e é uma referência pra minha carreira”.  

RECOMENDADOS PARA VOCÊ

SIGA-NOS NO INSTAGRAM

QUER CONTEÚDO EXCLUSIVO? CADASTRE-SE NA HÏ BPM GOLD!

CONTATO

(11) 9 3455-5554 ADMINISTRATIVO

(11) 9 2001-9508 EDITORIAL

ONDE ESTAMOS

RUA VICENTE LEPORACE, CAMPO BELO, CEP: 04619-035 - SÃO PAULO - SP