O MELHOR DO PSYTRANCE

VOCÊ ENCONTRA AQUI!

Primeira Edição da Hathor trouxe o Egito pra Dentro do Fabrique [REVIEW]

A festa Hathor rolou no último final de semana (23) no Fabrique Club, em meio ao atraso e forte calor devido à queda de energia no club minutos antes da abertura da casa. Grandes DJs da cena psytrance se apresentaram e colocaram a galera para fritar LITERALMENTE! Quer saber o que rolou? Confira abaixo!

 

O LOCAL

Já não é mais novidade que o Fabrique tem aberto suas portas cada vez mais para festas psytrance. Quem não se lembra de momentos incríveis que se imortalizaram na casa, como a apresentação de Vini Vici no início desse ano?

Pois bem, contando com um espaço total de 600m², com uma arquitetura industrial de uma antiga fábrica recuperada, e uma instalação de quase 70 anos, traz um ambiente numa pegada rústica para seus frequentadores. O som da casa não deixa a desejar com sua potência, com duas caixas de quase 2 metros de altura cada. Posicionadas nas laterais do palco, deixam o público com aquela vontade de grudar nela e não largar mais.

Mas afinal, com toda essa estrutura, o que aconteceu?

Houve um apagão devido problemas elétricos na casa horas antes do evento começar, causado por um curto no poste elétrico na frente do club. Isso gerou atraso de pouco mais de 1 hora na abertura da casa. Com a energia restabelecida, apenas uma fase estava funcionando, liberando para uso os telões e o sistema de som. Porém, o sistema de ar-condicionado ficou comprometido, e não pôde ser utilizado, gerando um intenso calor no ambiente do início ao fim.

Apesar dos contratempos, a staff da Hathor se desdobrou para contornar a situação, honrou seu compromisso com o público e com os DJS, e a festa seguiu a todo o vapor mesmo em meio ao forte calor. O que restou foi ampliar a área de fumantes para galera tomar um ar, e abrir as portas do club para uma maior circulação de ar dentro do ambiente. Além é claro que ventiladores improvisados na lateral da pista!

 

fabrique
Foto: @maik.photographer

 

O EVENTO

Não foi só de espinhos e calor que se deu essa noite maravilhosa. Com a entrada finalmente liberada, o pessoal já chegou animando com a pista que “fritou” desde seu início.

frito

Tentando trazer um pouco desse espirito das raves para dentro de um club, foi oferecido frutas frescas para galera e pirulitos no front (ter um caminhão pipa pra refrescar naquele calor não seria nada mal hahaha). Esse último fica por conta dos delírios. Mas não foi delírio nenhum ver a pista do club limpa durante TODA a noite – isso é uma alegria a parte para todo raver que sofre ao pisar em lixo no chão.

Com apresentações de peso durante toda a noite, gratas surpresas aconteceram e o público correspondeu bem a cada DJ que entrava. Contando com bailarinos que puxaram a galera para cima, foi animação, gritaria e sem dúvida muita curtição do início ao fim.

E o que dizer de uma festa que nem o bar consegue ficar parado?

Pois é, todo o diferencial da Hathor esteve nos detalhes. Na animação e amor que toda a equipe teve ao proporcionar essa festa linda e animada para nós. E no final das contas, a Vibe é realmente o que importa né!? E a Vibe daquele lugar estava incrível! (afinal, o que esperar de um lugar que até as paredes entram no clima e fritam? Hahaha)

 

paredeNo final das contas, todo aquele calor só foi mais um detalhe que nos fez sentir no próprio Egito, com a deusa Hathor que chegou com tudo e cumpriu o que prometeu.

 

ARTISTAS QUE MERECEM DESTAQUE

Já nesse clima do Egito os DJs vieram com sets acalorados, quebrando tudo desde o começo. E assim os trabalhos iniciaram pesados com a dupla BROTHERHOOD, que passou lindamente o bastão para SIDEWAVE, que trouxe grandes clássicos para pista, além de tirar a galera de si com Rampage.

sidewave
Foto: @maik.photographer

 

VENANCCI então assumiu a mesa e fechou com chave de ouro com o lançamento de sua Track Oreon (e cá entre nós, não poderia ter sido em hora melhor!).

venancciO garoto sempre mostra para que veio, e não foi diferente dessa vez. BLAZY detonou TUDO! Trazendo grandes sucessos para o Fabrique, fez o calor daquele lugar aumentar, não deixando ninguém parado (e quem conseguiria não é mesmo?). Quem sobreviveu ao set dele encarou pela frente o AZZURA, que foi o responsável por manter a temperatura nas alturas, não deixando a galera parar nenhum minuto. E quando pensamos em “parar para respirar”, entra então VERMONT, que com aquela simpatia em pessoa fez até o bar querer ir para pista dançar, pular, e começar aquela luta alucinante com o ar.

blazy

azzura

vermont

Quando SAYURI sobe ao palco, as pernas já começam a tremer. Depois de TUDO, ainda temos 1 hora de set dessa diva das pistas. E com toda a energia que nos mostrou no Ultra Trance – confira aqui o que ela fez quando o caminhão Pipa chegou – ela não deixou barato e deu andamento na energia da galera. A dupla BOLGHAR já entrou quando era dia, mas não deixou o ritmo da noite cair. E para galera que aguentou firme até o final (até por que só termina quando acaba não é mesmo?), a noite se encerrou de forma espetacular pelo DJ DARKY.

bolghar
Foto: @npaulaphotos

 

Sem dúvida nenhuma foi uma noite de fortes emoções, muita música boa, sorrisos e abraços e uma vibe INCRIVEL! Tivemos e pudemos sentir o melhor do Trance (afinal, é disso que a gente gosta não é mesmo?)

Esperamos ansiosamente pela próxima edição, que será em um local aberto =X (opa, olha o spoiler!)

E que venha a Hathor #2!

hathor2
Foto: @npaulaphotos
Imagem de Capa: @maik.photographer

RECOMENDADOS PARA VOCÊ

SIGA-NOS NO INSTAGRAM

QUER CONTEÚDO EXCLUSIVO? CADASTRE-SE NA HÏ BPM GOLD!

CONTATO

(11) 9 3455-5554 ADMINISTRATIVO

(11) 9 2001-9508 EDITORIAL

ONDE ESTAMOS

RUA VICENTE LEPORACE, CAMPO BELO, CEP: 04619-035 - SÃO PAULO - SP